ADICIONAL DE IRPJ - SERVIÇOS



15/07/2013




 

 ADICIONAL DO IMPOSTO DE RENDA 

Calculo e Recolhimento

 

ROTEIRO

1. INTRODUÇÃO

2. ADICIONAL DE IMPOSTO DE RENDA

3. EXEMPLO DE CÁLCULO PARA O LUCRO PRESUMIDO

4. RECOLHIMENTO

 

1. INTRODUÇÃO

 

Quando houverem receitas operacionais no trimestre que ultrapassem o faturamento bruto de R$ 187.500,00 quando da apuração do "lucro presumido", este será superior a R$ 60.000,00, no trimestre, deve-se ainda calcular o valor do Adicional de Imposto de Renda. Aplica-se então a alíquota de 10% sobre o excesso.

 

Nota: A Instrução Normativa nº 93, de 24 de dezembro de 1997, artigo 38, parágrafo 1º, dispõe sobre o adicional de 10% (dez por cento) sobre a parcela que exceder a R$ 20.000,00 (vinte mil reais) mensais.

 

2. ADICIONAL DE IMPOSTO DE RENDA

 

Na forma do art. 228, 542 e 543 do  Regulamento de Imposto de Renda, a parcela do lucro presumido ou real que exceder o valor da multiplicação de vinte mil reais pelo número de meses do respectivo período de apuração, ficará sujeita à incidência do adicional do imposto à alíquota de 10% .

O adicional, sem nenhuma dedução, será pago juntamente com o imposto devido, nos mesmos prazos e código.

Esse adicional aplica-se, inclusive, nos casos de incorporação, fusão, cisão e de extinção da pessoa jurídica pelo encerramento da liquidação.

A alíquota do adicional é única para todas as pessoas jurídicas, inclusive instituições financeiras, sociedades seguradoras e assemelhadas.

 

O adicional incide, inclusive, sobre os resultados tributáveis de pessoa jurídica que explore atividade rural (Lei nº 9.249, de 1995, art. 3º, § 3º). No caso de atividades mistas, a base de cálculo do adicional será a soma do lucro real apurado nas atividades em geral com o lucro real apurado na atividade rural.

 

Referente a Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido - CSLL, não há a incidência do adicional de imposto que trata  os arts. 228, 242 e 243 do Regulamento do Imposto de Renda.

 

3. EXEMPLO DE CÁLCULO PARA O LUCRO PRESUMIDO

 

Exemplo de cálculo do adicional de imposto de renda, para uma empresa com atividade de prestação de serviços, com a base presumida de 32% sobre a Receita Bruta da atividade da empresa no trimestre. conforme disposto na planilha a seguir:

Receita Bruta 500.000,00

Base Presumida 32%

Lucro Presumido da Atividade 160.000,00

IRPJ Normal (15%) 24.000,00

Calculo do Adicional

Lucro Presumido Total 160.000,00

(-) Limite de Isenção 60.000,00

Base do Adicional 100.000,00

Adicional de IRPJ (10%) 10.000,00

Imposto de Renda a Recolher: Somatório do IRPJ

Normal (15%) e do Adicional de IRPJ (10%)

Imposto de Renda a Recolher 34.000,00

4. RECOLHIMENTO

 

O recolhimento do imposto adicional deverá ser feito juntamente com o imposto normal devido no período, com mesmo vencimento e período de apuração.

Fonte - Receita Federal do Brasil

Equipe Terceirização Contábil

 

 




Deixar de pagar imposto declarado não é crime fiscal, é inadimplência, decide STJ
Optantes pelo Simples Nacional podem aderir ao Parcelamento Especial de débitos (PERT)
A Partir de Julho Todas as Empresas Com Funcionários Estarão Obrigadas ao eSocial
Psicólogo, será que você deve abrir uma empresa (CNPJ)?
Autorizada cobrança de contribuição sindical mesmo após reforma trabalhista


Mídia Marketing - 2013
Setor de Programação